Veículo experimental de assistência reúne arsenal tecnológico da Mercedes

quinta-feira, 11 de julho de 2019 Turbo Filipe Bragança Turbo

Para além de uma montra das novidades da marca no campo da segurança, este SUV assenta na base eléctrica que em breve deverá chegar ao Mercedes GLE.

O ‘ESF 2019’ foi o nome dado ao veículo que pretende demonstrar todos as novidades tecnológicas, que a Mercedes-Benz espera vir a implementar nos seus futuros modelos. Os engenheiros da marca separaram os sistemas presentes no ESF 2019 em duas categorias distintas, dependendo do quão perto estes estão de ser tornar uma realidade. Os programas “quase na série” estão mais próximos de serem implementados, enquanto aqueles que foram apelidados de  “olhando bem para o futuro” ainda se encontram numa fase mais experimental.

Este SUV altamente apetrechado converte-se num veículo autónomo, a partir do momento em que o volante e pedais se recolhem. Rodolfo Schöneburg, responsável pelo departamento de segurança da Mercedes-Benz acredita que “A grande vantagem da condução autónoma no futuro, é que menos acidentes serão causados por causa de erro humano. Ainda assim, os autónomos têm os seus limites. Sem dúvida que nos anos vindouros, uma mistura de veículos autónomos e convencionais irão partilhar as estradas”, acrescentou.

São inúmeros os sistemas de segurança que o EFS 2019 apresenta. A luz ambiente deste automóvel foi desenvolvida para manter o condutor alerta em viagem, o programa de Pré-Curva cria um alerta se a velocidade, de aproximação à mesma, for demasiado elevada. E o ‘Pre-Safe Child’, que ajusta a tensão do cinto de segurança dos mais novos em caso de acidente, insufla-se como um airbag e permite ainda a monitorizar os sinais vitais da criança.

No exterior do ESF, estão também algumas inovações que aguardam luz verde para serem implementadas. Exemplos dessas novidades são os painéis digitais embutidos na grelha frontal, o tejadilho e vidro traseiro, que estabelecem a comunicação entre o veículo e outros utentes da via, a luz digital de alta definição que promete iluminar como um foco, sem o risco de encadeamento, e ainda um pequeno triângulo robot que salta da parte inferior do EFS, para se posicionar automaticamente na via, em caso de acidente ou avaria. Nota ainda para um triângulo adicional no tejadilho, que se eleva assim que o seu colega salta para a estrada.

Finalmente, o ‘Pre-Safe Impulse Rear’ faz com que o veículo se desloque para a frente, de forma automática, a partir do momento em que prevê uma colisão iminente. O EFS 2019 é o sucessor do EFS 2009, o veículo de segurança que estreou alguns dos sistemas de segurança que equipam os automóveis da Mercedes nos dias que correm.

Este website usa cookies para melhorar a navegação dos nossos utilizadores. Ao navegar no site está a consentir a sua utilização. Fechar ou Saber Mais