Como é que um pai se esquece de um bebé dentro de um carro? Um neurocientista acredita ter a resposta

terça-feira, 24 de setembro de 2019 Turbo Filipe Bragança Turbo

O neurocientista David Diamond, da Universidade do Sul da Flórida culpa o nosso ‘piloto automático’.

É difícil de imaginar como é que um pai ou uma mãe, se consegue esquecer de um filho dentro de um carro. Infelizmente, esta é uma realidade que todos os anos resulta em tragédia. Só este ano, nos Estados Unidos, já se contabilizaram 21 óbitos.

O cientista David Diamond acredita que o nosso ‘piloto automático’ é o grande responsável por estas situações. De acordo com Diamond, o cérebro humano é uma ‘máquina’ primitiva cuja memória se baseia muito em processos subconscientes – aqui designados como ‘piloto automático’. Ou seja, é normal para alguém ficar na dúvida se trancou a porta, ou desligou o fogão ao sair de casa, pois o sair de casa faz parte de uma rotina, que as pessoas acabam por cumprir de forma inconsciente. Segundo o mesmo, esta é a causa principal de muitas das tragédias que ocorrem, relacionadas com o esquecimento. Um bebé passa a ser um elemento estranho de uma rotina enraizada, e por isso, susceptível a ser negligenciado de forma inconsciente. Demora sempre algum tempo até que o nosso cérebro tenha a capacidade de inserir uma alteração à rotina, neste caso o acto de ir buscar o bebé à cadeira do banco traseiro.

David Diamond afirma: “Temos um poderoso sistema de piloto automático que nos leva a fazer coisas sem pensar. É durante este processo que perdemos consciência das outras coisas que nos rodeiam, incluindo uma criança num carro. A nossa memória é bastante primitiva, e deixa-nos fazer coisas subconscientemente, de forma automática”.
Na óptica deste cientista, uma das soluções passa pela utilização de lembrete visuais que nos façam olhar para trás. Diamond aconselha a que os pais deixem um sapato no banco traseiro, ou o brinquedo do bebé à sua frente, para que estes funcionem como um lembrete de que por vezes temos de desligar o nosso ‘piloto automático’.

Este website usa cookies para melhorar a navegação dos nossos utilizadores. Ao navegar no site está a consentir a sua utilização. Fechar ou Saber Mais