É oficial! Fiat-Chrysler e PSA acordam fusão

quinta-feira, 26 de dezembro de 2019 Turbo Filipe Bragança Turbo

De acordo com as previsões, novo grupo ascenderá ao quarto lugar do ranking mundial.

Tudo a postos para as transformações que em breve serão postas em curso, no seio dos grupos Fiat-Chrysler (FCA) e PSA, que acabam de anunciar a já esperada fusão. Em comunicado, o Grupo PSA aponta para os desafios da nova era de mobilidade sustentável, e como esta fusão, pode beneficiar ambas as empresas na abordagem aos mesmos. Ainda não se sabe qual será o nome a adoptar pelo novo grupo automóvel, mas para já, sabe-se que desta fusão deverá resultar a quarta maior construtora a nível mundial, com um volume de negócios conjunto avaliado em 170.000 milhões de euros. O Grupo PSA garante que nenhuma fábrica será encerrada em resultado deste memorando de entendimento.

De acordo com a mesma fonte, o Conselho de Administração da nova empresa será composto por 11 membros, na sua maioria independentes. Cinco desses membros serão nomeados pelo Grupo FCA e os cinco restantes pelo Grupo PSA. John Elkann do Grupo FCA, foi o Presidente eleito, ao passo que Carlos Tavares desempenhará as funções de CEO e de membro do Conselho de Administração, através de um mandato inicial de cinco anos.

Este website usa cookies para melhorar a navegação dos nossos utilizadores. Ao navegar no site está a consentir a sua utilização. Fechar ou Saber Mais