Lamborghini Huracan EVO RWD foi criado a pensar na diversão

sexta-feira, 10 de janeiro de 2020 Turbo Filipe Bragança Turbo

A nova versão de tração traseira do Lamborghini Huracan não foi feita a pensar nos recordes de velocidade. Foi criada a pensar numa condução intuitiva.

“O Huracán EVO RWD não está focado nas altas velocidades em linha reta, nem em estabelecer recordes de volta”. Quem o diz é a própria Lamborghini, que explica que este Huracan foi criado a pensar na emoções a bordo. De acordo com os mesmos, o objectivo passou por criar um desportivo instintivo que colocasse o condutor no centro da experiência da condução.

Os engenheiros do emblema do Touro não se limitaram a ‘voltar às bases’, ao trocar a mais civilizada transmissão integral, pela tracção integral. Mantendo os modos de condução do Huracan original (sistema P-TSC), os técnicos da Lamborghini afinaram a motorização, para que a distribuição do binário enaltecesse as qualidades desta configuração. Por outras palavras, este é um carro para anda bem de lado.

UM LAMBO COM MUITA GARRA

Graças à energia do bloco V10 de 610 cv e 560 Nm de binário, este Huracan é capaz de acelerar dos 0-100 km/h em apenas 3,3 segundos, e de atingir os 325 km/h. Números animadores para um Lambo que coloca a velocidade em segundo plano.

Para além das alterações ao nível da mecânica, este Lamborghini Huracan recebeu ainda um conjunto de modificações estéticas que destingem da versão de tracção integral. Dentro destas alterações, o novo difusor traseiro ganha destaque. Nota ainda para o ecrã táctil HMI de 8,4”, que gere as funções do centro de infotainment.

Esta versão RWD do Laborghini Huracan EVO chega a partir da Primavera ao mercado europeu, com um preço recomendado de 159.443 €, antes de impostos.

Este website usa cookies para melhorar a navegação dos nossos utilizadores. Ao navegar no site está a consentir a sua utilização. Fechar ou Saber Mais