Primeiro Ferrari F1 de Schumacher vai a leilão

quinta-feira, 13 de fevereiro de 2020 Turbo Filipe Bragança Turbo

O Ferrari 412 T2 foi um monolugar histórico, que recebeu o jovem Micheal Schumacher quando este se transferiu da Benetton F1 para a Scuderia do Cavallino Rampante.

Decorria o ano de 1996, quando um jovem Schumacher decidia trocar a equipa de Fórmula 1 da Benetton, pela Scuderia Ferrari. Depois de se sagrar bi-campeão mundial, ao serviço do emblema anglo-francês.

Uma máquina acarinhada pelos fãs e pelo piloto

Este Ferrari, que agora se encontra à venda, foi o primeiro monolugar da esquadra italiana, a ser pilotado pelo piloto que se viria a tornar numa das maiores lendas da história da F1. Equipado com o poderoso motor V12, o Ferrari 414 T2 é um daqueles carros que os puristas da F1, simplesmente adoram.

Com o chassis Nº157 , este carro esteve na maior parte do tempo ao serviço do piloto Jean Alesi, durante a temporada de 1995. Além disso, foi às mãos do francês, que este Ferrari entrou para a história. Foi o último V12 a vencer um Grande Prémio, no Canadá.

Um preço incalculável

O preço pedido por este histórico permanece um mistério. Mas o seu valor, esse será certamente incalculável, por tudo o que representa. Este que foi o carro que marcou um novo capítulo da história da Ferrari – o início da ‘Era Schumacher‘, que seria coroada com nada mais nada menos, do que 5 títulos mundiais e 72 vitórias, de vermelho ao peito.

Este website usa cookies para melhorar a navegação dos nossos utilizadores. Ao navegar no site está a consentir a sua utilização. Fechar ou Saber Mais