BMW i4 Concept estreia a nova sonoridade da marca bávara

terça-feira, 24 de março de 2020 Turbo Redação Turbo

O mais recente concept da BMW, o i4, “apresentado” no cancelado Salão de Genebra como um rival do Tesla Model 3, é o primeiro carro a estrear a nova sonoridade dos futuros carros elétricos da marca bávara.

O i4 Concept, que, segundo a BMW, é a última visão antes do modelo de produção chegar ao mercado, em 2021, rivalizará com o Tesla Model 3, não só a nível de prestações, como também a nível sonoro.

Os atuais carros elétricos não estão imunes ao jogo do “quem tem mais cavalos é o melhor”, a que tantos carros de combustão interna estão hoje sujeitos, e o novo BMW i4 não é diferente. O que é diferente, aqui, é maneira como esta competição se começa a desenrolar: com cada vez mais ênfase no perfil sonoro.

Claro que os níveis de decibéis debitados por veículos elétricos não refletem os seus níveis de potência. Mas, a realidade é que, uma das principais formas de percecionarmos a velocidade, é, exactamente, através do som que um veículo emana.

Uma trilha sonora co-desenvolvida com o compositor Hans Zimmer

A BMW, consciente deste facto, decidiu desenvolver toda uma nova sonoridade para a sua futura gama elétrica. Parceiro escolhido para este desafio? Hans Zimmer, um dos mais galardoados compositores de bandas sonoras do cinema.

O responsável pelos arranjos musicais de “Dunkirk”, “Interstellar”, e “O Gladiador”, revela que “inspirámo-nos na junção do passado e do futuro da BMW, para a sonoridade do BMW i4 Concept. Esperamos que o som criado seja clássico, contudo surpreendente. Que proporcione um sentimento de frescura e leveza”.

Já a marca alemã, revela que os conjuntos sonoros irão focar-se no prazer de condução, existindo sons concretos para o arranque do motor, tal como para a sua desactivação, e ainda para os diferentes modos de condução.

Estes conjuntos sonoros irão, no entanto, variar de modelo para modelo. Adicionalmente, também estão a ser desenvolvidos sons que não estão diretamente relacionados com a condução, como é o caso, por exemplo, dos efeitos sonoroso para o fecho e abertura das portas.

Potência de fazer inveja ao Tesla Model 3

Relembramos que o i4 será um elétrico com 530 cv, alimentados por baterias de iões de lítio de 80 KWh.

A autonomia anunciada surge fixada nos 600 km, já segundo o mais penalizante ciclo de homologação WLTP.

Este website usa cookies para melhorar a navegação dos nossos utilizadores. Ao navegar no site está a consentir a sua utilização. Fechar ou Saber Mais