Apaixonou-se pelo Honda e? Prepare-se, porque vem mais a caminho!

quarta-feira, 25 de março de 2020 Turbo Redação Turbo

Impulsionada pela excelente receção que o pequeno ‘e’ tem recebido, a Honda está já a preparar o reforço da sua estratégia zero emissões, com o lançamento de um segundo modelo, também ele 100% elétrico. E que, acrescente-se, deverá chegar aos mercados já em 2022.

Apesar de atualmente focada na entrega daquele que será o seu primeiro modelo 100% elétrico, cujas primeiras unidades deverão começar a ser entregues já no próximo verão, a Honda terá já decidido que, o ‘e’, não permanecerá muito tempo sozinho nos stands da marca.

Convencida pela excelente aceitação que o Honda ‘e’ tem vindo a registar, o fabricante nipónico prepara já um segundo modelo 100% elétrico, para fazer companhia ao modelo que é também o reforço da aposta da marca no segmento dos citadinos.

Segundo confirmou já o presidente da Honda Europa, Tom Gardner, este segundo EV será um dos quatro novos modelos eletrificados que a Honda tem previsto lançar no mercado, entre 2021 e 2022. E dos quais fará parte uma versão híbrida do futuro Civic, a qual está previsto ser revelada já no próximo ano, existindo também a possibilidade de vir a contar com uma variante híbrida plug-in.

Igualmente previsto está ainda o lançamento de uma versão híbrida do SUV compacto HRV, sendo que a marca nipónica pode ainda lançar, nos mercados europeus, algumas das variantes híbridas que já comercializa no Japão. Como é o caso, por exemplo, do Accord Hybrid ou até mesmo do sedan híbrido plug-in Clarity.

Jazz apenas híbrido… e com versão Crosstar

Pressionada, a exemplo dos restantes construtores, pelas cada vez mais exigentes metas anti-poluição que imperam na Europa, a Honda tem ainda previsto lançar, já este Verão, a nova geração do Jazz, que passará a ser comercializada apenas e só com motorizações híbridas.

A par desta inovação, o pequeno utilitário trará ainda uma nova versão de aspecto mais aventureiro, a que será dado o nome de Crosstar, e que se destacará também pela colocação de barras no tejadilho, além de uma nova grelha e proteções em plástico.

Todos estes novos modelos eletrificados, passarão a ser comercializados exibindo todos o emblema “Honda e:TECHNOLOGY”, sendo que os híbridos como o Jazz, ostentarão o logo e:HEV.

Ainda no caso do Jazz, na base está um quatro cilindros 1,5 litros a gasolina, conjugado com dois motores elétricos e uma bateria de iões de lítio de 35,5 kWh, que lhe permitem anunciar emissões de CO2 na ordem das 102 gr/km, já segundo o novo ciclo WLTP. Ou 110 g/km, se estivermos a falar no Jazz Crosstar.

Graças a esta solução, o próximo Honda Jazz híbrido deverá ser capaz de garantir uma autonomia de 222 km, também segundo a nova norma WLTP.

Este website usa cookies para melhorar a navegação dos nossos utilizadores. Ao navegar no site está a consentir a sua utilização. Fechar ou Saber Mais