Isolamento social? Sem problema, a Geely entrega as chaves por drone!

quarta-feira, 01 de abril de 2020 Turbo Redação Turbo

Numa época em que é aconselhado o isolamento social, são as próprias marcas automóveis a encontrar soluções inovadoras para manterem o negócio. É o caso da chinesa Geely, que passou a entregar as chaves dos seus automóveis novos, aos clientes… por drone.

Embora surpreendente, a verdade é que a solução encontrada pela Geely, proprietária de marcas como a Volvo, a Lotus, e outras, já foi implementada… e funciona!

Intitulado Healthy Car Program, este programa permite aos clientes comprar e pagar um modelo da marca chinesa, sem qualquer contacto interpessoal, as apenas e só através da página da marca, na Internet. Com o cliente a receber o automóvel directamente numa morada à sua escolha, ao mesmo tempo que as chaves, são-lhe entregues com recurso a um drone.

Solução que visa contornar as restrições impostas pela pandemia de coronavírus, mantendo vivo o negócio, a Geely terá investido qualquer coisa como 47 milhões de euros na implementação deste programa, o qual, para já, está disponível apenas na China, desde o passado mês de Fevereiro.

De resto e também como forma de combater esta nova realidade de pandemia, em que a China ainda vive, o gigante automóvel chinês passou, igualmente, a instalar, para já apenas em dois dos seus modelos -- Geometry A e Jiani -, um novo filtro de partículas para o habitáculo. O qual, segundo a Geely, tem por missão proteger os ocupantes do contacto com o coronavírus.

Ainda sobre esta nova forma de venda de automóveis, importa, igualmente, destacar o facto de, até ao momento, a Geely já ter conseguido vender um total de 10 mil carros, com base neste novo programa de entrega de chaves com recurso a um drone. Com a marca chinesa a garantir ainda que possui mais 110 mil clientes que, embora ainda não tendo concretizado o negócio, afirmaram já a intenção de efectuar a compra, recorrendo, para tal, ao Healthy Car Program.

Também graças à aceitação desta nova abordagem, o fabricante mantém o seu ritmo de produção normal, com as fábricas a funcionarem a 100% da sua capacidade, graças também à implementação de uma série de cuidados especiais, relativamente aos operários. A começar por inspecções médicas sempre que entram ao trabalho, mudanças de máscaras a cada oito horas, medição da temperatura duas vezes ao dia, etc…

Este website usa cookies para melhorar a navegação dos nossos utilizadores. Ao navegar no site está a consentir a sua utilização. Fechar ou Saber Mais