Range Rover renova-se para 2021 com tecnologias, motores e três edições especiais

sexta-feira, 24 de julho de 2020 Turbo Turbo Turbo

A Land Rover acaba de dar a conhecer a atualização da família Range Rover para 2021, a qual passa não apenas por um reforço das tecnologias de conforto, conectividade e segurança, como também e em particular, pelo lançamento de três novas edições especiais, além de novas motorizações. Tudo, já disponível por encomenda, com preços a partir dos 130 mil euros, sensivelmente.

Numa altura em que celebra 50 anos de existência, o Range Rover assinala a esta data com uma atualização de gama. A qual traz novidades não somente em termos de tecnologia, como também nas versões propostas.

De resto e começando pelas novidades extensíveis a toda a gama Range Rover, destaque para a introdução das mais recentes funções de conectividade, como é o caso do Apple CarPlay e do Android Auto, que passam a ser de série em toda a gama, além da disponibilização de bancos Executive Class e até oito ligações Wi-Fi 4G.

Novo, é também o sistema de ionização do ar do habitáculo Nanoe, com filtro de PM2.5, concebido para filtrar as partículas nocivas do interior do habitáculo e melhorar a qualidade do ar para o condutor e passageiros.

Já no domínio das tecnologias de segurança, a inclusão, de série e em todos as versões, da Assistência à Manutenção da Faixa, da Travagem de Emergência e do Controlo de Velocidade de Cruzeiro com Limitador de Velocidade. A que é possível somar, ainda, o Controlo de Velocidade de Cruzeiro Adaptativo.

Quatro edições especiais

Com uma produção limitada a apenas 1970 unidades, precisamente o ano de nascimento do Range Rover, a edição especial Range Rover Fifity baseia-se na versão Autobiography, a que acresce numerosos detalhes exteriores personalizados em Auric Atlas, dois designs de jantes de 22 polegadas à escolha, além de um logótipo exclusivo, presente no exterior e em vários locais do interior do veículo. Onde também é possível encontrar uma placa exclusiva da consola central com a inscrição “1 of 1970”.

Disponível tanto com chassis normal (SWB), como longo (LWB), o Range Rover Fifty está disponível em quatro cores exteriores seleccionadas, sendo que a divisão Special Vehicle Operations (SVO) propõe um número muito limitado de unidades, numa das três cores exteriores presentes no Range Rover original: Tuscan Blue, Bahama Gold e Davos White.

Passando à edição Westminster e Westminster Black, inspirado no modelo Vogue,  incorpora Vidros Privacy e jantes em liga leve de 21 polegadas com polimento espelhado para marcar a diferença no exterior, além de poder receber várias cores sólidas, metalizadas e metalizadas Premium.

Já no interior, conjuga acabamentos Grand Black com revestimento Suedecloth, teto de abrir panorâmico deslizante, portas de fecho suave e sistema de som Surround com 19 altifalantes. Ao passo que, o Westminster Black Edition, opta por um Black Exterior Pack, que os clientes podem conjugar com uma das três opções de jantes Gloss Black, com dimensões que variam entre as 21 e 22 polegadas.

Finalmente e quanto à ainda mais exclusiva SV Autobiography Dynamic Stealth, criação da SVO, conjuga  a cor exterior metalizada Santorini Black com detalhes exteriores Narvik Black Gloss, numa espécie de complemento às proteções das embaladeiras com o logótipo, e às jantes de 22 polegadas em Gloss Black.

A reafirmar a ainda maior exclusividade desta edição especial, as pinças de travão pretas, além de detalhes interiores com um acabamento Ebony e costuras Pimento.

Motores a gasolina, Diesel e micro-híbridos de 48V

A par destas edições especiais, a oferta de um leque de motorizações a gasolina, Diesel e micro-híbridos (MHEV) de 48V, com os Diesel a pertencerem à mais recente família de motores Ingenium, de seis cilindros em linha, e com potências que variam entre os 300 e 350 cv.

Propostos sob a designação comercial D300 (com 300 cv e 650 Nm de binário) e D350 (350 cv e 700 Nm), estes dois blocos apresentam, igualmente, uma componente micro-híbrida MHEV, a permitir anunciar, no primeiro caso, consumos de 8,6 l/100 km e emissões de CO2 de 225 g/km, ambos já segundo o novo ciclo WLTP. Já a versão D350, promete 9,2 l/100 km de consumo e 241 g/km de emissões de CO2.

Igualmente disponível e com interesse para o mercado nacional, a versão P400e, variante eletrificada do Range Rover com uma autonomia elétrica de 40 quilómetros, que tem por base um motor Ingenium a gasolina de quatro cilindros e 300 cv, conjugado com um motor elétrico de 143cv (105 kW). Solução que, recorrendo a uma bateria de iões lítio de 13,1 kWh, permite ao P400e gerar emissões de CO2 de apenas 75 g/km, ao mesmo tempo que proporciona, segundo o fabricante, um consumo de combustível desde 3,5 l/100 km, no ciclo combinado WLTP.

Chega em outubro

Com data de chegada ao mercado nacional agendada para o próximo mês de outubro, a nova família Range Rover promete chegar com preços a partir de 130.176,68€. Podendo, no entanto e desde já, ser encomendada, nos concessionários oficiais da marca britânica.

Passando às novas edições especiais, uma oferta traduzida em quatro opções – Fifty, Westminster e Westminster Black, e SVAutobiography Dynamic Stealth -, a primeira das quais, Fifty, destinada a assinalar, precisamente, os 50 anos de existência do Range Rover.

Este website usa cookies para melhorar a navegação dos nossos utilizadores. Ao navegar no site está a consentir a sua utilização. Fechar ou Saber Mais