Com mais de 74 mil km feitos. Bugatti ‘Four Five’ à beira da reforma

sexta-feira, 04 de junho de 2021 Turbo Francisco Cruz Turbo

Também devido à exclusividade que todas as unidades encerram, a Bugatti acaba de anunciar a passagem à reforma do emblemático Chiron 4-005. Uma das oito primeiras unidades de desenvolvimento produzidas pela marca de Molsheim, que, hoje em dia já com mais de 74 mil km cumpridos, sai agora do activo.

Produzido em 2013 e, desde então, responsável pelo desenvolvimento e testagem de todo o software aplicado nas unidades destinadas a clientes, o  Bugatti Chiron 4-005, também conhecido internamente como ‘Four Five’ – ‘Four’ sinónimo de protótipo e ‘Five’ porque é o quinto protótipo do Chiron -, tem sido uma das unidades de desenvolvimento mais importantes para marca francesa.

Desde logo, por ter sido a bordo desta unidade que foram desenvolvidas 30 unidades de controlo de veículo que foram submetidas a testes específicos, com os engenheiros a monitorizarem as condições e qualidade de cada uma das modificações feitas.

De resto e segundo também revela a Bugatti, um total de 13 engenheiros, cientistas de computação e físicos, fizeram deste protótipo, o seu local de pesquisa, com cada um dos especialistas a trabalharem um componente específico. Entre os quais, o novo sistema de navegação, a tecnologia Conference Call, o interface HMI e várias outras facetas.

“No caso do 4-005, realizámos todos os testes e permanecemos na estrada por muitas semanas, facto que levou a que sentíssemos uma proximidade com o carro. De resto, o protótipo moldou o nosso trabalho e foi com o protótipo que moldámos o Chiron ”, comenta Rudiger Warda, elemento que desenvolve modelos Bugatti há já quase duas décadas. “Desenvolver uma combinação de uma máquina puramente motriz e, ao mesmo tempo, um ambiente confortável e intuitivo, foi um verdadeiro desafio. Na Bugatti, conduzir faz parte da experiência, sendo que, a navegação do menu deve apenas suportá-la.”

A Bugatti recorda, ainda, que, antes do lançamento do Chiron, em 2016, o ‘Four Five’ era constantemente tapado com uma lona, com o objectivo de se manter afastado dos olhares curiosos.

Ainda assim, a equipa de desenvolvimento viajou com ele pelo mundo, submetendo-o, já na fase final de testes, ao calor abrasador da África do Sul, assim como à neve da Escandinávia, além das curvas rápidas do circuito de Nardo.

De resto, este foi também o primeiro Chiron a ser pilotado nos EUA, além de ter sido submetido à pós-combustão de um Eurofighter Typhoon.

“Apesar de ser um desafio imenso, chegámos a dirigir durante dez horas seguidas , mas, depois, saíamos, à noite, do carro, sentindo-nos bem”, recorda Norbert Uffmann, o homem por detrás da telemetria e conectividade da Bugatti.

Entretanto, oito anos passados e mais de 74 mil quilómetros cumpridos, o protótipo ‘Four Five’ tem, finalmente, direito à merecida aposentação…

Este website usa cookies para melhorar a navegação dos nossos utilizadores. Ao navegar no site está a consentir a sua utilização. Fechar ou Saber Mais