A prometer 482 km/h mas sem airbags! Hennessey entrega o primeiro Venom F5

sexta-feira, 24 de dezembro de 2021 Turbo Francisco Cruz Turbo

Hiperdesportivo nascido do outro lado do Atlântico, o fabricante norte-americano Hennessey Performance acaba de anunciar a entrega da primeira unidade do Venom F5. Um impressionante bólide revestido a Amarelo Mojave, mas, acima de tudo, com impressionante V8 6,6 litros twin turbo de 912 cv de potência… sem airbags!

Anunciado, ainda como concept, há cerca de quatro anos, aquele que foi apresentado, desde o início, como um potencial candidato a hiperdesportivo mais veloz do mundo, o Hennessey Venom F5 acabou desvendando as suas formas finais, para produção, em dezembro de 2020.

Entretanto e passados que estão quase mais dois anos, eis que a texana Hennessey Performance anuncia a entrega da primeira de 24 unidades de uma proposta cujo preço começa acima dos 1,8 milhões de euros!

O anúncio da entrega do primeiro Venom F5 ao certamente feliz proprietário, cujo nome não foi, no entanto, revelado, foi feito, pela Hennessey Performance, através da sua página oficial do Twitter, com a promessa, de resto, de mais “importantes novidades”, nos tempos que se seguirão.

Quanto ao Venom F5 #1, exibe um resplandecente Amarelo Mojave como cor exterior, ainda que, o aspeto mais curioso não seja esse. Mas, sim, o facto do carro não contar com qualquer airbag!

A justificar esta opção do fabricante, o facto deste Venom F5 não estar homologado para uma condução diária, mas apenas como veículo de exibição. O que, nos EUA, faz com que os proprietários não o possam conduzir por mais de 2.500 milhas (pouco mais de 4.000 quilómetros) por ano.

Objectivo: 500 km/h

Apesar desta condicionante, que, diga-se, ainda assim, não impediu que as 24 unidades já estejam todas vendidas, a verdade é que a Hennessey Performance não poupou nas promessas, em termos de prestações. Garantindo, praticamente desde os primeiros momentos, que o Venom F5 seria capaz de, não só ultrapassar a barreira dos 300 mph, sinónimo de 482,80 km/h, como assumiria o objectivo de chegar aos 500 km/h!

Contudo, a realidade é que, até ao momento, o hiperdesportivo norte-americano ainda não conseguiu melhor do que os 200 mph, ou seja, 321,86 km/h, resultado obtido no início deste ano, durante os testes aerodinâmicos de validação do V8 6,6 litros twin-turbo, com potência fixada nos 912 cv. O que, recorde-se, é apenas metade daquilo que a Hennessey Performance prometeu para o modelo – uma potência máxima de 1.842 cv.

Seja como for, este Venom F5 promete ser tudo, menos um hiperdesportivo para condutores inexperientes, uma vez que, mesmo ainda distante de tais valores, o modelo já garante um binário na ordem dos 1.617 Nm, enviado exclusivamente para as rodas traseiras. Com a Hennessey a prometer, ainda, uma aceleração pouco menos do que brutal, fixada nos 2,6 segundos para o arranque até aos 100 km/h; de 4,7s, até aos 200 km/h; de 8,4s, até aos 300 km; e, finalmente, de 15,5s, até aos 400 km/h.

Com presença já assegurada no Petersen Museum

Por outro lado e embora ainda distante desses valores, a marca acaba de mostrar uma outra unidade deste Venom F5, destinado ao Petersen Museum de Los Angeles. Neste caso, embelezado por um Prateado Lausanne, com uma patriótica lista em azul, branco e vermelho ao centro do capot.

Este website usa cookies para melhorar a navegação dos nossos utilizadores. Ao navegar no site está a consentir a sua utilização. Fechar ou Saber Mais